Extintor de incêndio pode voltar a ser obrigatório para segurança no trânsito

Por Júnior Viriato 02/02/2018 - 16:50 hs

O Conselho Nacional de Trânsito, Contran, havia acabado com a exigência do extintor de incêndio nos carros por conta da evolução tecnológica na indústria automobilística. O equipamento continua obrigatório apenas para caminhões, micro-ônibus, ônibus e veículos que transportam produtos inflamáveis. Um projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados reestabelece a exigência. Ele está agora no Senado, na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor.

O senador Fernando Bezerra Coelho, do PMDB de Pernambuco, apresentou um requerimento para que a proposta também passe pela Comissão de Assuntos Econômicos. Pediu ainda uma audiência pública sobre o assunto. Para o senador Dário Berger, do PMDB de Santa Catarina, são necessárias várias medidas, especialmente preventivas, para diminuir a mortalidade no trânsito e torná-lo mais seguro para motoristas e pedestres. Ele apresentou um projeto que permite o uso das multas de trânsito para recuperar ruas e rodovias esburacadas que causam muitos acidentes.