Conecte-se agora

CVN ELEIÇÕES 2018

“Lucélio vai reduzir déficit habitacional”, afirma Cartaxo

Publicado

em

O presidente estadual do Partido Verde e prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo comandou mais uma Carreata da Esperança na noite desta quarta-feira (12), nos bairros do Gervásio Maia, Colinas do Sul e Gramame, na Capital. Seguindo em comitiva com a militância e pela população que sai de suas casas para fazer o “L” e declarar apoio, Cartaxo afirmou que a Paraíba vai receber muitos investimentos a partir de 2019 para reduzir o déficit habitacional e, mais que isso, oferecer moradia de qualidade para milhares de paraibanos.

“A Paraíba tem ainda um grande déficit habitacional. São milhares de pessoas que não tem um lar pra viver com dignidade e com acesso aos serviços mais básicos. Mas assim como em João Pessoa e Campina Grande onde foram construídas mais de 16 mil unidades habitacionais, é possível fazer por todo o Estado também. E Lucélio vai comandar este projeto que vai levar moradia de qualidade e com novos serviços como escola, creches, praças, quadras de esporte”, disse Cartaxo.

A carreata teve início na Feira do Grotão e durante seu percurso, passou justamente por obras do projeto habitacional que vem sendo desenvolvido na Capital, como os residenciais Vista Alegre e Colinas de Gramame.

CVN ELEIÇÕES 2018

TRE/PB marca para março de 2019 eleições em Cabedelo

Publicado

em

As eleições suplementares de Cabedelo deverão acontecer no dia 17 de março do próximo ano. A data foi aprovada, por unanimidade, durante sessão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), nesta segunda-feira (19). O adiamento do pleito, inicialmente previsto para 9 de dezembro, foi uma determinação do ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele decidiu pela anulação em resposta a um mandado de segurança impetrado pelo Diretório Municipal do PT da cidade portuária. A alegação da sigla foi a de que o encurtamento das datas no calendário eleitoral original gerou prejuízo para o registro das candidaturas.

A minuta com as novas datas foi apresentada pelo corregedor do TRE, desembargador José Ricardo Porto. O magistrado disse entender, durante a sua exposição, que o prazo mais elástico deve atender aos argumentos usados pelo ministro para suspender a eleição. O entendimento foi acatado por todos os magistrados presentes na sessão, inclusive o presidente da corte, desembargador Carlos Beltrão. O detalhamento da minuta, com todas as datas, será publicado no Diário Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral. Com a nova data, a resolução anterior será tornada sem efeito.

Comando da prefeitura

A definição das novas datas para a eleição põe mais lenha na fogueira de indefinições no município. O atual prefeito interino, Vítor Hugo (PRB), tem mandato à frente do Executivo garantido apenas até o dia 31 de dezembro. Ele chegou ao comando do município após eleição interna, na Casa, para definir os integrantes da mesa para o restante do primeiro biênio. Isso porque toda a cúpula da Câmara Municipal foi presa, no bojo da operação Xeque-Mate. Como o prefeito Leto Viana (PRP) foi preso no dia 3 de abril e renunciou ao mandato no mês passado, restou ao presidente eleito no Legislativo assumir o Executivo. Isso por que o vice, Flávio Oliveira, após ser afastado, faleceu.

Uma outra situação complicada precisa ser enfrentada no município, ainda. A chapa eleita para o segundo biênio, de forma antecipada, teve praticamente todos os integrantes presos na Xeque-Mate. É o caso da presidente Jacqueline França; do vice-presidente, Lúcio José; do primeiro secretário, Antônio do Vale, e do segundo secretário Tércio Dornelas. O único que não foi preso no curso da operação foi Vítor Hugo, eleito segundo vice-presidente. Ele até poderia assumir o comando da Casa novamente em janeiro, mas a prisão dos outros integrantes inviabiliza a composição da mesa no formato eleito.

A presidente da Câmara Municipal, Geusa Ribeiro (PRP), tem manifestado o desejo de colocar em votação a anulação da eleição que definiu a futura mesa diretora. Ela não fala abertamente sobre o assunto, mas admite que se for a vontade dos colegas, disputará a presidência da Câmara. Caso isso ocorra, ela deve bater chapa com Vítor Hugo. Quem ganhar, assumirá a prefeitura até que o novo prefeito seja escolhido na eleição suplementar. O grande problema é que há cinco vagas na mesa diretora e apenas cinco vereadores em condições de ocupá-las. Isso por que apenas titulares de mandato podem ter espaço na mesa.

A Câmara Municipal de Cabedelo tem 15 vereadores, mas, deles, dez são suplentes. Ou seja, se Geusa e Vítor Hugo não entrarem em acordo, dificilmente será possível formar uma chapa.

Blog do Suetoni

Continue Lendo

CVN ELEIÇÕES 2018

Newsweek: amor de Trump e Bolsonoro

Publicado

em

A revista americana Newsweek publicou reportagem destacando o alinhamento entre o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

A publicação relata os elogios do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos aos ataques de Bolsonaro que resultaram na saída de médicos cubanos do programa Mais Médicos, e usa o termo ”bromance”, usado para descrever uma relação próxima, não sexual, entre homens.

“Elogiamos o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, por tomar posição contra o regime cubano por violar os direitos humanos de seu povo, incluindo médicos enviados para o exterior em condições desumanas”, publicou o órgão da presidência dos EUA.

Segundo a Newsweek, a troca de mensagens ”é uma demonstração recente de afeto entre a Casa Branca e o presidente eleito do Brasil. Um dia depois da vitória de Bolsonaro em 28 de outubro, Trump twittou que ele ‘teve uma boa conversa com o recém-eleito presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que venceu sua disputa por uma margem substancial’.

Ele então acrescentou que “nós concordamos que o Brasil e os Estados Unidos trabalharão juntos em comércio, forças armadas e tudo mais! Desejo-lhe parabéns”.  (BR 247)

Continue Lendo

CVN ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro repassa R$ 2 mi em emenda para Santa Casa

Publicado

em

Ainda no mandato de deputado federal pelo PSL do Rio de Janeiro, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, destinou R$ 2 milhões em uma emenda individual parlamentar para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora(MG), hospital que prestou o primeiro atendimento após o então candidato à Presidência levar uma facada durante um ato de campanha na cidade mineira em setembro.

Como parlamentar, Bolsonaro tem direito a direcionar R$ 15,4 milhões em emendas ao Orçamento da União de 2019, sendo que metade do valor tem de ser destinada para ações e serviços públicos de saúde, como determina a Constituição.

Logo após ter se recuperado do ataque, Bolsonaro chegou a dizer que “nasceu de novo” no hospital. Ele também quis doar para a instituição um valor do montante arrecadado para sua campanha e que acabou não ocorrendo. Esse tipo de doação não é permitida pela legislação eleitoral por se tratar de recursos de campanha.

A emenda para a Santa Casa de Juiz de Fora, no entanto, difere de grande parte das rubricas orçamentárias historicamente apresentadas por Bolsonaro ao longo dos 27 anos em que é deputado federal. Ele sempre priorizou o repasse para instituições de saúde, de educação e de outras áreas ligadas às Forças Armadas.

Continue Lendo

ARMAZÉM PARAIBA

LG NET

ASSEMBLÉIA DA PARAIBA

JORNALISMO VERDADE

MERCADINHO ALVINO

CEMACO DE DR MARCINHO

JORNAL DA BOA NOVA FM

TV CVN: A TV DO VALE DO PIANCÓ

Em Alta

Hospedado por ServerPro