Conecte-se agora

CVN SERTÃO

Previsão de estudioso se confirma para vários reservatórios do semiárido da Paraíba

Publicado

em

Conforme previu o físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, o período chuvoso de 2018 do semiárido da Paraíba teve chuvas abaixo da média (http://cienciaemfoco.com/colunistas/rodrigo-cezar/previsao-climatica-a1518.html) , e com distribuição temporal irregular das chuvas na maioria das localidades do semiárido da Paraíba (http://cienciaemfoco.com/colunistas/rodrigo-cezar/previsao-climatica-a1508.html), pois choveu bem abaixo da média em janeiro, março e maio, e bem acima da média nos meses fevereiro e abril.

Conforme previsto pelo estudioso, os reservatórios que abastecem Cajazeiras, teriam uma recarga máxima de 20% esse ano (http://cienciaemfoco.com/colunistas/rodrigo-cezar/previsao-hidrologica-a1538.html) .

Para Cajazeiras, a previsão se confirmou para a Lagoa do Arroz:

20% de recarga máxima na Lagoa do Arroz, seria uma recarga máxima de 16 milhões de metros cúbicos de água, pois o reservatório comporta aproximadamente 80 milhões de metros cúbicos.

Em 2018 o referido manancial tinha cerca de 4 milhões de metros cúbicos no início do período chuvoso. Quando a estação chuvosa terminou o reservatório estava com 18 milhões de metros cúbicos armazenados, ou seja, teve uma recarga de 14 milhões de metros cúbicos confirmando a previsão.

O Açude de Engenheiro Ávidos armazena um total de 255 milhões de metros cúbicos de água, a estimativa de recarga máxima de 20% do pesquisador correspondia a 51 milhões de metros cúbicos esse ano, no entanto a recarga foi de 59 milhões. Dessa forma, no início do período chuvoso, o açude tinha 8 milhões de metros cúbicos de água, quando terminou a estação chuvosa tinha 67 milhões de metros cúbicos.

Para os reservatórios que abastecem Patos o pesquisador indicou recarga máxima de 15% em 2018. Essa previsão se confirmou para 04 dos 05 reservatórios que abastecem a Morada do Sol:

Açude do Jatobá: No início do período chuvoso o manancial estava totalmente seco, com as chuvas desse ano o açude ganhou apenas 1,8 milhão de metros cúbicos de água. Com uma capacidade máxima de aproximadamente 17 milhões de metros cúbicos, o reservatório teve recarga de pouco mais de 10% em 2018;

Barragem de Capoeira: No início do período chuvoso o manancial estava com apenas 2,5 milhões de metros cúbicos, com as chuvas desse ano a barragem atingiu 5,5 milhões de metros cúbicos de água. Isso significa que teve uma recarga de apenas 3 milhões de metros cúbicos de água. Com uma capacidade máxima de aproximadamente 56 milhões de metros cúbicos, o reservatório teve recarga de pouco mais de 5% em 2018;

Complexo Coremas/Mãe d´Água: No início do período chuvoso o manancial estava com apenas 36 milhões de metros cúbicos (21 milhões em Coremas e 15 milhões em Mãe d´Água), com as chuvas desse ano o complexo atingiu 179 milhões de metros cúbicos. Isso significa que teve uma recarga de 143 milhões de metros cúbicos. Com uma capacidade máxima de aproximadamente 1 bilhão e 159 milhões de metros cúbicos, o manancial teve recarga de pouco mais de 12,34% em 2018;

Barragem da Farinha: A previsão do estudioso só não se confirmou esse ano para esse reservatório, que teve uma recarga de 63% em 2018, ou seja, estava seco no início do período chuvoso, e atingiu os 16 milhões de metros cúbicos, sendo que comporta no máximo 25 milhões de metros cúbicos de água.

 

CVN SERTÃO

14 países participam de exercícios de guerra no Nordeste. Sertão poderá ter presença de Caças

Publicado

em

Começou neste domingo (18) e vai até o dia 30, em Natal, a 8ª edição do Exercício Cruzeiro do Sul (CRUZEX) – treinamento militar organizado pela Força Aérea Brasileira (FAB) que simula situações de guerra moderna. Exército e Marinha também participam. Esta edição reúne mais de 100 aeronaves, além de militares e observadores representantes de 14 nações.
Brasil, Canadá, Chile, França, Peru, Uruguai e Estados Unidos estão presentes com militares e aviões. Já Bolívia, Índia, Suécia, Reino Unido e Venezuela participam como observadores. Portugal trará militares de forças especiais e, ao lado de Alemanha e França, ministrará palestras em um seminário sobre o emprego do poder aéreo em missões da Organização das Nações Unidas (ONU).
Com radar de apoio em Caicó, o exercício permite que os tripulantes treinem o combate aéreo em operações combinadas, ou seja, diferentes países atuando em cenários de conflito de maneira integrada e cooperativa, promovendo a troca de experiências entre os integrantes das forças aéreas participantes. 
“A CRUZEX permite o intercâmbio de competências operacionais. Além de estreitar os laços entre os países, possibilita agregar conhecimentos de outras nações que possuem experiências em cenários de ação conjunta”, afirma o diretor da CRUZEX, o Brigadeiro do
Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros.
Guerras convencional e não convencional Os cenários preparados para o treinamento envolvem guerra convencional e não convencional. No cenário de guerra convencional, serão realizados os chamados “COMAOs”, sigla em inglês para Composite Air Operations, em que um cerca de 40 a 50 aeronaves de naturezas distintas decolam em sequência para (em tempo e espaço limitados) realizar missões com objetivos comuns ou complementares.
Uma das novidades desta edição do exercício é o treinamento em cenários de guerra não convencional, no inglês UW scenario – sigla para Unconventional Warfare, onde o combate é contra forças insurgentes ou paramilitares e não entre dois Estados constituídos. Trata-se de situações encontradas em missões onde atua a Organização das Nações Unidas (ONU).

 

Segundo o diretor do exercício, a importância para a FAB treinar esse cenário não convencional está na possibilidade de o Brasil enviar aeronaves para integrar missões da ONU. “Se acontecer, precisamos estar preparados”, explica o Brigadeiro Medeiros. A CRUZEX vai permitir aos brasileiros treinarem ao lado de militares estrangeiros que já realizam esse tipo de missão no contexto da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

G1 RN

Continue Lendo

CVN SERTÃO

Locais de provas do concurso da Prefeitura Municipal de Patos são divulgados pela Educa PB

Publicado

em

A Educa PB, empresa realizadora do concurso da Prefeitura Municipal de Patos disponibilizou, na manhã desta segunda (19), os cartões de confirmação dos locais de provas através do seu site: www.educapb.com.br.
Os candidatos já podem consultar os locais de realização das provas objetivas, previstas para acontecerem no dia 09 de dezembro, deste ano.

A consulta é feita de forma individual, sendo necessário que o candidato informe o seu CPF no site da empresa.

 

O edital do concurso da Prefeitura Municipal de Patos oferece 298 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior.

As remunerações variam de R$ 954,00 a R$ 2.500.00 + gratificações com jornadas de 20 a 40 horas semanais. As taxas de inscrição variam de: R$ 40 a R$ 80, dependendo do nível escolhido pelo candidato.

 

Cordecom

Continue Lendo

CVN SERTÃO

Bolsonaro diz que NE é uma prioridade na sua gestão

Publicado

em

Única região onde o presidente eleito teve votação menor que a de Fernando Haddad (PT) no segundo turno, o Nordeste deverá ganhar atenção especial da gestão Jair Bolsonaro, afirma o futuro ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, conforme o jornal O Globo.

A ideia é retomar obras paralisadas ou quase finalizadas das administrações petistas, como a transposição do Rio São Francisco e a construção da ferrovia Transnordestina, além de fazer projetos de irrigação.

Há a expectativa de quebrar resistências de governadores de esquerda na região.

 

Redação com O Globo

Continue Lendo

ARMAZÉM PARAIBA

LG NET

ASSEMBLÉIA DA PARAIBA

JORNALISMO VERDADE

MERCADINHO ALVINO

CEMACO DE DR MARCINHO

JORNAL DA BOA NOVA FM

TV CVN: A TV DO VALE DO PIANCÓ

Em Alta

Hospedado por ServerPro