Conecte-se agora

ESPORTE

Treze e Ferroviário se preparam para grande decisão que apontará o campeão da Série D do Brasileiro

Publicado

em

O jogo mais esperado do ano e o mais importante da história de Treze e Ferroviário. O campeão da Série D do Campeonato Brasileiro será conhecido neste sábado (04), em uma partida que reserva muitas emoções, ansiedade e promessa de estádio cheio. Treze e Ferroviário decidem a competição, à partir das 18h30 no estádio O Amigão em Campina Grande, e após os 90 minutos, um dos dois nordestinos levantará pela primeira vez a taça de campeão.

Para se sagrar campeão da Série D do Campeonato Brasileiro, o Treze precisa de uma vitória por quatro ou mais gols de diferença diante do Tubarão da Barra. A missão é difícil mas não impossível. Uma vitória por três gols leva a disputa do título para as cobranças de pênalti e qualquer outro resultado dá o título ao time cearense. Vale lembrar que, além de Treze e Ferroviário, São José do Rio Grande do Sul e Imperatriz do Maranhão também garantiram a classificação para a Série C do próximo ano.

Para o duelo de tamanha importância, o técnico do Treze Flávio Araújo tem quatro desfalques. Expulso durante o jogo de ida, o lateral-esquerdo Silva está fora dos planos do Galo. Outros dois atletas também estão fora do quebra-cabeça que Flávio Araújo deverá montar. O zagueiro ítalo e o atacante Ceará, peça chave no esquema ofensivo e de velocidade do Treze, ficam fora da partida já que vão cumprir suspensão automática pelo acúmulo de cartões amarelos. Já o atacante Maxuell Samurai, arma no ataque galista, realizou uma artroscopia nos dois joelhos e não participou do primeiro jogo, e também está fora da decisão.

Por conta das baixas, Flávio Araújo teve que recompor todo o esquema tático da equipe. Ele observou a evolução de Zé Carlos, lateral-esquerdo, que substituiu Silva em todas as oportunidades em que o titular não pode atuar. Já a vaga de Ítalo, titular absoluto durante a campanha, é incerta. O treinador tem a opção de Brumati, que já atuou na campanha na vaga do titular Nilson Júnior.

A maior “dor de cabeça” do treinador será em montar o ataque. A baixa de Samurai dá lugar a Leandro Love. A dúvida maior é sobre a vaga deixada por Ceará. Desde que assumiu a titularidade no jogo contra o Santa Rita na quinta rodada da primeira fase, o atacante é uma das principais peças do time na campanha que colocou o alvinegro na Série C de 2019. Para a vaga, Flávio tem como opção os atacantes Julio Barboza, Hugo Freitas e Watson.

O Galo aposta nas jogadas de Marcelinho Paraíba e numa virada histórica para levantar a taça.

No Ferroviário a situação é menos complicada. O Ferrão que eliminou o Campinense nas quartas de final, construiu uma boa vantagem na partida de ida, mas sabe que ainda não ganhou nada, e precisa jogar muito para conquistar o seu primeiro título nacional.

 

O técnico Macelo Villar que já foi campeão da Série D pelo Botafogo (PB), tem o retorno de jogadores considerados titulares. Após cumprirem suspensão no jogo de Fortaleza, estarão de volta os zagueiros André Lima e Luís Fernando, além do atacante Vitinho.

Vilar aposta nos gol de Edson Cariús para ser campeão A artilheiro da Série D soma mais gols que todos os artilheiros de competições nacionais. São 11 gols em 14 partidas, apenas na 4ª divisão brasileira. Somando os 31 jogos em que Cariús atuou neste ano, sendo eles do Campeonato Cearense, Copa do Brasil e Série D, o atacante mandou 20 bolas na meta. Na competição nacional, o Ferroviário enfrentou sete times e somente a defesa do 4 de Julho-PI escapou do artilheiro coral.

Severino Lopes

PB Agora

ESPORTE

Internacional vence América e impede título do Palmeiras no domingo

Publicado

em

O Internacional bateu o América-MG por 2 a 0 nesta quinta-feira (15), no Beira-Rio, pela 34ª rodada do Brasileiro. Com o resultado, o colorado retomou a vice-liderança e a distância para o líder Palmeiras caiu para cinco pontos novamente, tornando o título alviverde impossível neste final de semana.

O máximo que o Palmeiras conseguirá abrir na próxima rodada são oito pontos de vantagem, caso vença o Paraná e o colorado perca para o Botafogo. Faltariam, então, nove em disputa. Ou seja, é impossível ser campeão ao fim da rodada 35. O Inter, vice-líder, chegou aos 65 pontos contra 70 do Palmeiras. O América-MG, em penúltimo, seguiu com 34.

Na próxima rodada, o colorado visita o Botafogo no domingo às 17h, no Rio de Janeiro. O América-MG buscará se recuperar contra o Santos no Independência.

O Internacional fortaleceu a ideia de utilizar Leandro Damião para dar profundidade ao time. Desta forma, ‘empurrou’ o América-MG para trás a cada lance que buscava o centroavante. Com ele, criou as principais chances de gol, reclamou um pênalti não marcado e não demorou a abrir o marcador.

A ideia do América-MG era usar o contra-ataque. Mas não deu certo. Com os lados desabastecidos graças ao recuo dos extremas do Inter para acompanhar os laterais, e o meio-campo ajustado do adversário, a equipe mineira viu Rafael Moura tocar poucas vezes na bola e a velocidade almejada não aconteceu.

No ataque, Odair Hellmann não queria Wellington Silva de um lado e Nico do outro simplesmente. Mas que eles tramassem juntos, invertessem e se encontrassem. E foi isso que orientou boa parte do jogo. Trocas de posição e jogadas em diagonal pautaram a movimentação e atrapalharam a defesa adversária.

Edenílson foi figura ímpar do Inter no primeiro tempo, que encaminhou o resultado. O meio-campista administrou as ações de defesa e puxou a maioria dos ataques em velocidade para a equipe gaúcha. Fez um gol e deu um passe para o outro.

Enquanto isso, ao lado de Edenílson, Patrick não conseguiu acompanhar o ritmo ofensivo do time. Travando a maioria das jogadas, o rendimento aquém do esperado acabou prejudicando em alguns momentos.

Wellington Silva viveu momento ímpar. Pela primeira vez no Brasileiro, começou como titular. O ex-Fluminense que tem contrato vencendo no fim do ano entrou no posto do suspenso D’Alessandro e deu boa dinâmica ao time. Tramou jogadas com Nico López, ganhou lances individuais e foi muito aplaudido.

O estreante Givanildo de Oliveira trocou meio time do América-MG para o jogo. Promoveu cinco alterações, tentou impor suas ideias logo de cara. Mas não conseguiu a vitória. O time mineiro segue em penúltimo e não vence há bastante tempo.

Folhapress

Continue Lendo

ESPORTE

Brasil enfrenta o Uruguai nesta sexta (16) em Londres

Publicado

em

As seleções de futebol do Brasil e Uruguai se enfrentam em jogo amistoso nesta sexta-feira (16), às 18h, em Londres. A equipe brasileira jogará desfalcada de dois titulares: Phillipe Coutinho e Marcelo, afastados por contusões. O treinador Tite chamou para o lugar deles: Renato Augusto e Alex Sandro.

Hoje (15), a seleção fez o último treino no Centro de Treinamento do Arsenal, antes de enfrentar o Uruguai. O técnico Tite pôde finalmente trabalhar com todos os jogadores, entre eles, o atacante Richarlison e o meia Arthur.

Visto pela imprensa como um jogador com uma qualidade excepcional na distribuição de bolas, Arthur, que joga atualmente no Barcelona, disse que essa qualidade é consequência do trabalho dos técnicos pelos quais passou.

“Tive vários treinadores importantes na base e sou grato ao Grêmio pela minha formação, mas esse estilo é minha maneira de enxergar o futebol. Veio comigo desde sempre, e fico feliz por estar dando resultado e por chegar a um dos maiores clubes do mundo e à seleção brasileira, que é o sonho de toda criança”.

CBF

Continue Lendo

ESPORTE

Com campanha perfeita, Perilima garante acesso à elite após 11 anos

Publicado

em

Depois de 11 anos, com uma campanha até então perfeita na segunda divisão do Campeonato Paraibano, a Desportiva Perilima está de volta à elite estadual.

Com gols de Silas e Manu, um em cada tempo, a Águia venceu o Sport Lagoa Seca por 2 a 0 no estádio Presidente Vargas, e avançou para a decisão da Sugundinha, além de garantir o acesso.

Sob o comando do experiente Marcelinho Paraíba, camisa 10 e capitão da equipe, a Peri tem 100% de aproveitamento na competição até agora, com 30 gols marcados e apenas um sofrido em oito jogos.

Na final, o antigo “Time das Sordas”, agora sob nova direção, vai encarar o Esporte de Patos.

Redação com esportes.pb

Depois de 11 anos, com uma campanha até então perfeita na segunda divisão do Campeonato Paraibano, a Desportiva Perilima está de volta à elite estadual.

Com gols de Silas e Manu, um em cada tempo, a Águia venceu o Sport Lagoa Seca por 2 a 0 no estádio Presidente Vargas, e avançou para a decisão da Sugundinha, além de garantir o acesso.

Sob o comando do experiente Marcelinho Paraíba, camisa 10 e capitão da equipe, a Peri tem 100% de aproveitamento na competição até agora, com 30 gols marcados e apenas um sofrido em oito jogos.

Na final, o antigo “Time das Sordas”, agora sob nova direção, vai encarar o Esporte de Patos.

Redação com esportes.pb

Continue Lendo

ARMAZÉM PARAIBA

LG NET

ASSEMBLÉIA DA PARAIBA

JORNALISMO VERDADE

MERCADINHO ALVINO

CEMACO DE DR MARCINHO

JORNAL DA BOA NOVA FM

TV CVN: A TV DO VALE DO PIANCÓ

Em Alta

Hospedado por ServerPro