Conecte-se agora

CVN ELEIÇÕES 2018

Zé Maranhão se abstém e Cássio e Raimundo Lira votam a favor de aumento de 16% para ministros do STF

Publicado

em

Os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PSD) votaram a favor do projeto que aumenta em 16% os salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Já o senador José Maranhão (MDB) foi o único parlamentar presente à sessão que se absteve da votação.
Com os votos dos dois paraibanos, os subsídios dos magistrados passarão de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. O aumento passará a valer a partir da sanção presidencial.

Os senadores também aprovaram um segundo projeto que também reajusta em 16% o salário para o cargo de procurador-geral da República – os vencimentos também passarão para R$ 39,2 mil. A proposta foi aprovada de forma simbólica, sem contagem de votos.

A proposta de reajuste foi encaminhada ao Congresso em 2015 pelo então presidente do STF, Ricardo Lewandowski. Um ano depois, a Câmara aprovou o reajuste, mas o aumento ainda não havia sido analisado pelos senadores. O texto estava parado desde 2016 no Senado e foi incluído na pauta da Casa nesta terça-feira (6).

O aumento nos salários dos ministros gera um efeito-cascata nas contas, porque representa o teto do funcionalismo público. Caso o limite seja alargado, aumenta também o número de servidores que poderão receber um valor maior de gratificações e verbas extras que hoje ultrapassam o teto.

Segundo cálculos de consultorias da Câmara e do Senado, o reajuste poderá causar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas.

CVN ELEIÇÕES 2018

Julian se solidariza com Lucas Sá e diz que Governo da Paraíba se inspira na “Gestapo” Nazista de Hitler

Publicado

em

O deputado federal, Julian Lemos (PSL) se pronunciou nas redes sociais, nesta terça-feira (22), após divulgação na imprensa sobrea decisão do delegado Lucas Sá deixar a Paraíba depois que foi exonerado da Delegacia de Defraudações e rebaixado para Delegacia Distrital de Cabedelo.

Leia também: João Azevêdo rebaixa mais uma vez delegado responsável pela Operação Cartola

Lemos lamentou a perseguição do Governo do Estado aos profissionais de segurança públoca na Paraíba, a exemplo do tenente-coronel, Sousa Neto, dos atuais deputados estaduais, Wallber Virgolino e Cabo Gilberto Silva, vítimas do que Julian denominou de Gestapo Nazista paraibana, polícia política de Hitller que garantia o domínio da população pelo partido Nazista, uma alusão ao PSB estadual.

“Na Paraíba, não sei se opressão faz algum louco, mas sei que faz gente fugir do estado ou sair de cena, não tenho dúvidas. TC Souza Neto, Wallber Virgolino, cabo Gilberto, Wagner Dorta e Lucas Sá e outras dezenas são vítimas da gestapo nazista paraibana. Quem é do ramo sabe o que passam todos que querem cumprir a lei ou não em fazer parte do sistema governamental paraibano.

O parlamentar federal ressaltou, ainda, que a classe de delegados foi afronta a e recebeu um duro recado. Ele cita o afastamento e pedido de licença de vários delegados, vítimas da opressão. “Além de Lucas Sá, outros delgados pediram afastamento da Polícia Civil nos ulrimso 22 dias. As delegadas Nadja Fialho, Desirée Cristina e Daniela Vicuna e os delegados Leonardo Pinho e Eduino Facundo estão de licença médica. Não irei me cala diante de qualquer ameaça”, disparou.

Continue Lendo

CVN ELEIÇÕES 2018

Presidente da Assembleia, Gervásio revela em quem votaria para substituí-lo

Publicado

em

Eleito deputado federal nas últimas eleições, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio MAia, revelou, durante entrevista à emissora de rádio da Capital, em quem votaria caso fosse permanecer na Casa de JOsé Américo.

Gervásio disse que pela contribuição dada ao Poder Legislativo no período em que esteve como presidente, Adriano Galdino seria o parlamentar que teria o seu voto. “Adriano contribuiu muito para o engrandecimento do Pode Legislativo, manteve uma boa relação com parlamentares da situação e oposição e sempre respeitou os servidores. Além disso, deu uma grande contribuição para o governo de Ricardo Coutinho”, destacou o parlamentar.

Apesar de não participar da eleição para a próxima Mesa Diretora, Gervásio avalia que a composição da gestão será feita em comum acordo entre a oposição e a situação. “O PSB tem maioria na Casa, mas tanto para o primeiro quanto para o segundo biênio a mesa será eclética”, disse.

 

PB Agora

 

Continue Lendo

CVN ELEIÇÕES 2018

Manoel Junior assume comando do Solidariedade na Paraíba

Publicado

em

Após deixar o MDB e passar pelo PSC durante as eleições de 2018, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, assumiu o comando do Solidariedade (SD) na Paraíba. A decisão da Executiva Nacional da legenda foi assinada pelo presidente Paulinho da Força na última terça-feira (15).

No comando da sigla, Manoel Júnior garantiu que irá intensificar os trabalhos para fortalecer o SD na Paraíba, com implantação de diretórios em todas as cidades do Estado, preparando o o SD para as eleições municipais de 2020. “Vamos trabalhar para filiar o maior número possível de pessoas e lideranças políticas e fazer do Solidariedade um dos maiores partidos da Paraíba”, afirmou Manoel Junior.

Na Capital, além do vice-prefeito, o partido conta também com o vereador João Almeida.

 

PB Agora

Continue Lendo

ARMAZÉM PARAIBA

LG NET

ASSEMBLÉIA DA PARAIBA

JORNALISMO VERDADE

MERCADINHO ALVINO

CEMACO DE DR MARCINHO

JORNAL DA BOA NOVA FM

TV CVN: A TV DO VALE DO PIANCÓ

Em Alta

Hospedado por ServerPro